Presente do TUBA -

Presente do TUBA -

" Não é a força ,mas a constância dos bons sentimentos que conduz o homem à felicidade".Nietzsche

" Não é a força ,mas a constância dos bons sentimentos que conduz o homem à felicidade".Nietzsche

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Conjunto Perfeito!

Olhos, cor ternura.

Boca, sabor doçura.

Alma de poeta!

Corpo na medida certa

Em curvas e retas...

Conjunto perfeito

Do meu querer!

Cármen Neves. 21.01.2006

8 comentários:

Adao Braga disse...

Que bom saber que estou classificado assim, nas medidas do "seu querer"!!!!

Amei saber tal querer, apesar, de pensar, que és tu, o conjunto perfeito, a saber: Mulher, bela, intensa, inteligente, um "perfeito conjunto".

Cármen Neves disse...

Adão - Interessante o que o leitor pensa ao ler os nossos textos, poemas...! Eu muitas vezes faço isso: leio como se o autor estivesse escrito para mim. (risos). Quanto os elogios mencionados, só posso agradecê-los, mas confesso que falta muito para possuir esse "perfeito conjunto". Um abraço e grata por vir me viitar, sempre!

Murdock disse...

Parece que tudo que a gente quer é perfeito...

Anônimo disse...

Prezada Senhora Cármen:

Venho atraves deste comentário, notificá-la que doravante, este seu assiduo visitante, mudará o foco do comentário, para não transparecer algum interesse na pessoa da escritora.

Procurarei comentar de outra forma, se conseguir encontrar uma forma diferente, sem transparecer que esteja "cantando" a senhora.

Gosto da forma como a senhora coloca as palavras, e me insiro no texto, e faço tais comentário baseado no texto, e não, nessa possível hipotese, de estar direcionando tais palavras a pessoa Cármen, o que procuro deixar claro, o tratamento respeitoso e carinhoso, e pensar que a escritora, e a senhora Cármen Neves sejam modos diferente de uma mesma pessoas ser.

Sem mais para o momento,

Adão Braga
Irece-BA

Cármen Neves disse...

Murdock - O teu comentário é verdadeiro e poético! Grata pelas visitas.Um abraço.

Cármen Neves disse...

Adão - Quanta formalidade! Será que escrevi algo que tenha te deixado magoado? Confesso que não foi a minha intenção.Gosto de brincar com as palavras até quando respondo aos comentários. Verificarei os demais para ver aonde eu cometi uma falha, ou melhor: não me expressei direito.Sei que passas aqui( e em todas as vezes agradeci)sempre. Por esse motivo, jamais faria algo para magoá-lo. Perdoa-me mesmo assim. Um abraço( preocupadíssima).

Adao Braga disse...

Não se preocupe com a formalidade.

Não fizestes nada comigo, nem foi indelicada, ou que tenha sido alguma falha, é que estive relendo o comentários que fiz aqui no seu blog, e, também, uma comentário que recebi por e-mail, suscitando a dúvida quanto a direção que minha palavras aqui estavam tomando.

Mas, não se preocupe, a mudança será minima, apenas, uma tentativa de evitar uma "aparência do mal".

Sou mesmo desconfiado e tenho receio. E o meu receio, quanto aos textos, é que possa trazer-te algum constrangimento, e não desejo, fazê-lo com você.

Nada de mais, apenas, minha educação e bagagem cultural mineira, me precavendo.

Cármen Neves disse...

Adão, me deste um susto! Não faz mais isso menino( risos). Só posso agradecer a tua preocupção e o teu carinho de sempre. Um abraço