Presente do TUBA -

Presente do TUBA -

" Não é a força ,mas a constância dos bons sentimentos que conduz o homem à felicidade".Nietzsche

" Não é a força ,mas a constância dos bons sentimentos que conduz o homem à felicidade".Nietzsche

sexta-feira, 13 de junho de 2008

A Força do AMOR!























Num reino distante, mora uma princesa de olhar cor esperança.

Aprisionada em seu castelo, almeja a liberdade.


Quando adormece, sonha que é uma plebéia e sai pelos campos colhendo violetas, tulipas e margaridas - Tenta colher o mar.


Ao avistar o marinheiro, vestido todo de branco, voa como um pássaro; corre como uma lebre; canta como um rouxinol... - Faz mil loucuras para chamar sua atenção.


Ele, por sua vez, sorri ao vê-la desarmada e bela vindo ao seu encontro. Feliz, a toma nos braços e a faz sentir a beleza do verdadeiro amor!


Quando acorda, a força da realidade a faz adormecer novamente...




  • A foto é da minha princesa, Júlia. Ela tem a cor dos olhos que visualizei.




Cárme Neves.

www.carmenneves.prosaeverso.net

" Se você julga as pessoas, não tem tempo para amá-las"

( Madre Teresa de Calcutá - 1910-1997)

7 comentários:

Murdock disse...

Tem horas que o sonho é a melhor realidade.

instantes e momentos disse...

Muito, muito bom teu blog. Foi bom passar por aqui. Voltarei sempre
com certeza
Maurizio

Cármen Neves disse...

Murdock, falaste tudo! Um abraço.

Maurizio, grata pela visita. Passei no teu blog e já o linkei ao meu.Gostei demais dele!

Beth disse...

Carmén,
Ao olhar a foto pensei: como a Carmén era linda quando criança. :)...
Esses teus olhos, nos olhos da tua filha, é algo mágico, inexplicável.
Bjs.....

Cármen Neves disse...

Querida Beth, quanta saudade! Ainda bem que passaste aqui!
Quer dizer que eu " era linda"? Agora sou feia? Hahahahahahaha!!!!!!! Muito boa essa!
A Júlia é linda mesmo! Bem sou suspeita em dizer, mas que ela é isso é!
Beijos e grata pela visita.

Sereno disse...

Menina bela, música da Natureza. A equação é simples: se mamãe é um encanto, a filha é encantadora.
Será que ela também vai escrever poemas?

Cármen Neves disse...

Sereno, grata pelas palavras! A Júlia escreve peça de teatro, desde os sete anos de idade: fez 11 anos dia 12.06.08. Grata pela visita.